Os passos a dar para registar uma marca comercial na China

O escritório económico e comercial da embaixada da Espanha em Shanghai acaba de publicar (em espanhol) um guia de 12 páginas muito interessante com o bê-a-bá sobre como registar uma marca na China.

Registar marca comercial

O documento explica o enquadramento jurídico, as diferentes vias para solicitar o registo e as várias opções para criar uma marca em mandarim. A nota indica ainda qual o base de dados onde consultar, de forma gratuita, se a marca que pretendemos registar foi já registada por uma empresa local e como atuar nessa situação. Por último, o documento refere também como proteger as denominações de origem naquele país.

Proteger a marca

O registo comercial de uma marca naquele gigante asiático é uma questão crucial, sendo que a China segue o princípio do “first to serve”. A primeira pessoa ou empresa a registar o marca tem prioridade sobre os restantes solicitantes.

O preço? 125 euros por registo.

Notas de euros

Advertisements
Esta entrada foi publicada em China, Comércio internacional, Internacionalização e oportunidades de negócio com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s