O efeito borboleta: o papel da Ásia nas revoltas no Brasil

Escrevia na passada sexta-feira Pablo Pardo, correspondente do jornal espanhol El Mundo em Washington DC, sobre a sucessão de eventos que conduziram às atuais revoltas que estamos a observar no Brasil.

457 mil milhões de euros. A capitalização que desapareceu, apenas nas bolsas dos EUA e do Reino Unido, em resultado da sugestão do Presidente da Reserva Federal norte-americana, Ben Bernanke, de poder dar início já em 2013 a uma redução do seu programa de criaçao maciça de moeda. Os títulos de dívida norte-americana e o dólar assumiram o papel de ativos refúgio.

Bernanke

Dez anos. As obrigações do tesouro norte-americano a dez anos experimentaram a maior subida diária dos últimos dez anos, tendo ultrapassado a barreira psicológica dos 2,5%. Em contrapartida, a maior parte dos ativos perderam valor pelo mundo fora (ouro, matérias-primas), com especial impacto nos mercados emergentes.

Ouro

14%. A depreciação do real brasileiro face ao dólar norte-americano vai para além dos 14% em 2013. O Ministro das Finanças daquele país, Guido Mantega, muito se tem queixado do desequilíbrio e das bolhas especulativas geradas nos países emergentes pelos programas de emissão maciça de moeda dos países desenvolvidos. Vejamos dois claros exemplos.

Reais brasileiros

75 mil milhões de dólares. O montante da dívida denominado em dólares da Petrobras. Mais de 85% do valor daquela empresa na bolsa.

Sede da Petrobras

33 centavos por dólar. O valor da obrigação do OGX, o conglomerado brasileiro do multimilionário Eike Batista (com uma fortuna estimada em 8,5 mil milhões de euros). Quer isto dizer que as obrigações da OGX podem ser compradas neste momento por um terço do valor com o que foram emitidas. Na prática, o mercado está a descontar uma probabilidade quase certa de default. Com a redução do programa de emissão maciça de moeda do Fed, os investidores retiram os seus capitais do Brasil, com receio de implosão da bolha económica do país.

Eike Batista

99%. O espaço de lojas não ocupado no centro comercial New South China, um dos maiores do mundo, inaugurado há oito anos. Sinal do excesso de investimento imobiliário no gigante asiático.

Bolha Imobiliaria na China

5,5 mil milhões de dólares. O montante da dívida pública chinesa que não teve colocação no leilão da passada sexta-feira por falta de procura. A preocupação com a bolha imobiliária na China é tanta que o primeiro-ministro Xi Jinping deu recentemente instruções ao Banco do Povo para restringir a sua política monetária expansionista com os Bancos, gerando até alguma preocupação nos mercados financeiros, com receio de um hard landing da economia chinesa.

Xi Jinping

41,2 mil milhões de dólares. As exportações brasileiras à China em 2012, sobretudo compostas por minério de ferro, petróleo e soja. Se o mercado imobilIário na China abrandar, as compras dos dois primeiros produtos irão abrandar fortemente. Sobretudo se tivermos em conta a bolha setorial que esta procura tem gerado no Brasil nos últimos anos.

Brasil e China

46,9%. Crescimento anual médio das exportações brasileiras à China desde 1999.

Importações da China

Dois mortos nas revoltas no Brasil. Em resultado, entre outros factores, do aumento significativo do preço dos combustíveis e do transporte urbano nas principais cidades do Brasil para salvar a Petrobras da falência.

Revoltas no Brasil

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Brasil, China, EUA, Finanças. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s