A China e a Índia serão os maiores investidores mundiais em 2030

O Banco Mundial estima que a quota do investimento mundial com origem em países em desenvolvimento irá triplicar até 2030. Nessa altura, irá representar cerca de 60% do total mundial, com especial relevo para a China e a Índia, que serão responsáveis por 38% do investimento mundial, segundo a edição de 2012 do relatório Global Development Horizons daquela instituição.

India e China dominarao o investimento mundial

Apesar de crescimento exponencial das aquisições chinesas pelo mundo fora e daquele pais deter mais de um terço das reservas cambiais mundiais, a verdade é que os mercados domésticos apenas agora começam a conseguir absorver esses fluxos. O investimento nos países em desenvolvimento apenas representa atualmente menos de um terço do total mundial.

Segundo Kaushik Basu, vice-presidente e economista-chefe do Banco Mundial, devemos habituarnos a “um panorama económico mundial diferente, sendo que, em menos de uma geração, o investimento mundial será dominado pelos países em desenvolvimento”.

Kaushik Basu

Factores como o aumento da produtividade, a integração crescente nos mercados mundiais, políticas macroeconómicas sólidas e melhoras nos sistemas educativos e de saúde estão a contribuir para o crescimento e para a geração de novas oportunidades de investimento. Outro factor com um impacto significativo diz respeito ao aumento repentino da população jovem dos paises em desenvolvimento. Este processo irá acrescentar nos próximos 17 anos cerca de 1.400 milhões de pessoas à sua população e o denominado dividendo demográfico ainda está para ser colhido, em particular na Ásia do sul.

De cada 10 pessoas no mundo, 6 sao asiaticas

A boa notícia é a de que, contrariamente ao observado no passado, os países em desenvolvimento contam com os recursos financeiros necessários para financiar as necessidades maciças em infra-estruturas e serviços básicos (estimadas em 14,6 biliões de dólares nos próximos 17 anos). O estudo revela que a taxa de poupança dos países em desenvolvimento deverá alcançar um máximo de 34% do rendimento nacional em 2014, para posteriomente manter um nível médio de 32% até 2030. Em termos agregados, os países desenvolvidos irão representar cerca de dois terços da poupança mundial nessa altura (significativamente além dos 45% observados em 2010).

Precisamente, poucos dias antes, a 6 de junho, a Organização Mundial do Trabalho tinha publicado um outro relatório no qual mostra como o investimento das economias avançadas tinha caído de 60,4% do total mundial em 2000 para 26,6% em 2012. Em contrapartida, o peso das economias emergentes aumentou de 27,2% para 46,7% nesse mesmo período. A China apenas foi responsável por 28,1% do investimento mundial em 2012.

Mais do que a magnitude dos números, importa reter a tendência de aumento significativo. Um novo mundo. Mais um passo na concretização do século asiático.

O mundo novo

Esta entrada foi publicada em Índia, China, Internacionalização e oportunidades de negócio. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s