Novas previsões de crescimento para a região da Ásia e do Pacífico para 2013 e 2014: o crescimento intensifica após um ligeiro abrandamento em 2012

O Banco Asiático de Desenvolvimento publicou na passada terça-feira as suas novas previsões de crescimento para a denominada Ásia em desenvolvimento em 2013 e 2014.

O Asian Development Outlook 2013 prevê que o crescimento económico da Ásia intensifique em 2013 (6,6%) após um desempenho mais moderado da região em 2012 (6,1%).

Crescimento na Asia

Este acelerar do crescimento tem por base um forte aumento quer do consumo privado, quer do comércio intra-regional na região, e mais do que compensa o abrandar nos principais mercados de destino das sua exportações. “A despesa interna, em especial o consumo, é sem dúvida o principal motor da recuperação“, disse o economista-chefe do Banco, o antigo sherpa para a Presidência coreana do G20 em 2010, Changyong Rhee.

Contributos ao crescimento na Asia

A forte procura doméstica tem ainda importantes externalidades positivas, nomeadamente ao nível do mitigação dos desequilíbrios macroeconómicos mundiais observados entre as balanças de transações correntes asiáticas e ocidentais O excedente na balança de transações correntes da região deverá continuar a descer (de 5,4% do PIB em 2008 para 2% em 2012, 1,9% em 2013 e 1,8% em 2014).

Excedente na Asia

No entanto, o BAD projecta um abrandar do crescimento nos EUA e no Japão em 2013 (de 2,2% para 2,0% nos EUA e de 2,0% para 1,2% no Japão, este último sem incluir as importantes medidas antideflacionistas tomadas recentemente pelo Banco Central do Japão). Para a zona do euro, prevê que continue em recessão (-0,3% em 2013, mas que recupere ligeiramente em 2014, com um crescimento de 1.2%).

Quanto aos países da região, “a recuperação da China e o impulso sólido do sudeste asiático está a acelerar o ritmo de crescimento da região, após um ligeiro abrandamento em 2012”, disse o economista-chefe.

Para a China, e apesar do recente downgrade deste país por parte da Fitch na passada quarta-feira (sim, também acontecem essas coisas deste lado do mundo), o Banco prevê um crescimento de 8,2% em 2013 , tendo por base o aumento da procura interna e a melhora nas exportações, com benefícios indiretos para as economias vizinhas. O ritmo deverá abrandar ligeiramente em 2014, para 8%.

Asian Development Outlook 2013 em sintese

O sudeste asiático da Ásia foi a única região que viu o seu ritmo de crescimento acelerar em 2012, um ano de abrandamento geral do crescimento mundial. Liderado pela recuperação pós-cheias na Tailândia e pelo forte aumento da despesa pública nas Filipinas (que mesmo assim viu a sua notação revista em alta pela Fitch em finais de março). O dinamismo deve continuar em 2013 tendo por base o acelerar do consumo privado e do comércio intra-regional, com o crescimento do PIB previsto em 5,4% em 2013 e 5,7% em 2014. Boas expetativas quanto ao lançamento da Comunidade Económica da ASEAN em 2015 é sem dúvida um contributo importante para ampliar o volume de comércio dentro do bloco, ajudando a diversificar os seus mercados de exportação.

O Sul da Ásia irá experimentar uma reviravolta após dois anos de abrandamento económico, com crescimento estimado em 5,7% em 2013 e 6,2% em 2014. A Índia vai liderar a recuperação, com um crescimento previsto em 6,0% e 6,5%, muito embora o segundo país mais populoso do mundo ainda esteja a lutar para realizar seu pleno potencial, com graves problemas estruturais e de promocão do investimento.

Na Ásia Central e Ocidental, uma maior despesa pública, particularmente no Cazaquistão e no Azerbaijão, deverá acelerar o crescimento para 5,5% em 2013 e 6% em 2014.

No Pacífico, a conclusão de alguns grandes projectos de obras públicas, incluindo um importante gasoduto de gás natural liquefeito na Papua Nova Guiné, estará na origem do ligeiro acelerar do crescimento para 5,2% em 2013. O aumento esperado no número de turistas, especialmente asiáticos, também deverá beneficiar muitas das pequenas economias insulares da região. As taxas de crescimento em Timor-Leste deverão estabilizar em 10%.

Ver aqui previsões de crescimento desagregadas por pais.

Os riscos apontados pelo documento à concretização das projeções as negociações sobre o teto da dívida nos EUA e a fadiga em relação às medidas de austeridade na zona do euro, muito embora o principal risco sejam as disputas fronteiriças na Ásia. Além disso, o relatório refere que a situação das finanças públicas na região, atualmente favorável, não pode ser considerada um dado adquirido e que a eficiência fiscal e a governação devem ser melhoradas.

Asian Development Outlook 2013

Por último, o relatório refere que a aceleração na atividade econômica pode estimular alguma pressão inflacionista (a projeção aponta para uma aceleração da taxa de inflação de 3,7% em 2012 para 4,0% em 2013 e 4,2% em 2014). Essas pressões permanecem geríveis por enquanto, mas deverão ser acompanhadas de perto, especialmente devido à forte entrada de fluxos de capital na região, que podem gerar potenciais bolhas no mercado de ativos.

Em jeito de conclusão, devemos começar a habituar-nos a pensar na Ásia também como uma fonte de consumo. Os efeitos do aumento da classe média na Ásia terá efeitos dramáticos ao nível da procura mundial. Os conceitos e verdades do século XX não serão válidos no século XXI. As empresas portuguesas não devem ficar de fora desta revolução.

Shanghai em crescimento

Esta entrada foi publicada em ASEAN, Azerbaijão, Ásia Central, Índia, Cazaquistão, China, Coreia do Sul, EUA, Filipinas, Japão, Macroeconomia, Papua Nova Guiné, Portugal, Tailândia, Timor-Leste, União Europeia, Visão macro com as etiquetas . ligação permanente.

2 respostas a Novas previsões de crescimento para a região da Ásia e do Pacífico para 2013 e 2014: o crescimento intensifica após um ligeiro abrandamento em 2012

  1. Pingback: Leituras de Fim-de-Semana IV | O Retorno da Ásia

  2. Pingback: Um mercado pan-asiático da energia em 2030 | O Retorno da Ásia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s