“Desastre Demográfico Japonês”

TokyoJohn W. Traphagan, no The Diplomat, fala das consequências sociais, económicas e políticas do que chama “desastre demográfico japonês”. Os números são esclarecedores e a população japonesa está cada vez mais pequena e a causa mais próxima parece ser clara: baixa natalidade conjugada com uma esperança de vida cada vez maior que levou a uma estrutura demográfica mais envelhecida. A baixa natalidade é também associada a outros factores como maiores níveis educacionais, casamentos mais tardios (ou mesmo a decisão de se evitar o casamento), mais oportunidades económicas para as mulheres e os custos associados à educação dos filhos em sociedades mais modernas e urbanas. Esta entrevista de Fujiyo Ishiguro, fundadora da Netyear, uma empresa japonesa de software, talvez ofereça algumas pistas para o modo como muitas mulheres japonesas olham para o mercado laboral do país.

Advertisements

Sobre Luis Mah

Investigador no Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina (CESA) no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) em Lisboa. Sou também professor auxiliar convidado no Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa (UCP).
Esta entrada foi publicada em Japão, Visão macro. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s