Cresce em Portugal o interesse pela região da Ásia e do Pacífico

Se considerarmos o interesse das empresas, consultores e especialistas portugueses nas oportunidades de negócio e de recrutamento do Banco Asiático de Desenvolvimento como proxy do interesse de Portugal na região da Ásia e do Pacífico, os números mostram de forma inequívoca um aumento significativo da atenção dos portugueses àquela parte do globo.

No bom caminho

Vejamos de forma específica a evolução de alguns destes indicadores nos últimos seis anos, de 2007 a 2012. Os números falam por si sós. Em primeiro lugar, o número de candidaturas de portugueses a posições de staff do Banco passou de 11 em 2007 a 164 em 2012. Em segundo lugar, o número de consultores portugueses ativos na base de dados do Banco aumentou de 17 em 2007 para 121 em 2012.

Ao nível de candidaturas de empresas e consultores (dados provisórios para 2012 – montante dos contratos em milhões de dólares)

tabela 1

Ao nível de candidaturas de técnicos

tabela 2

Poder-se-á argumentar que o aumento não é tão significativo se considerarmos os resultados alcançados. Estes são contudo relevantes. Em primeiro lugar, contratos de licitação obtidos por empresas e consultores nacionais por primeira vez em 2011. Em segundo lugar, máximo histórico de staff português no Banco nesse mesmo ano. E os indicadores avançados que referimos, a montante do processo, deixam entrever uma melhoria ainda mais marcada ao nível de resultados nos próximos anos.

A este respeito, é de destacar também o realce dado na comunicação social aos encontros mantidos na semana passada pelo representante de Portugal no Conselho de Administração do BAD com empresas e consultores nacionais, quer na Lusa/Semanário Expresso, com especial atenção à região do Cáucaso (aqui), quer na PortugalNews da aicep Portugal Global (aqui e aqui). De entre as empresas interessadas, são de realçar a EDP, através da EDP Internacional e da EDP Ásia, a Galp Energia, a Martifer Solar, a Efacec, a REN, as Águas de Portugal Internacional, o Millennium BCP, o Banco Espirito Santo, a Profabril e a Consulgal.

Estamos no bom caminho.

Esta entrada foi publicada em Internacionalização e oportunidades de negócio, Oportunidades de recrutamento, Portugal. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s